Skip to main content
  • Dom Sancho I
  • Praça Velha
  • Parque Polis
  • Cidade Neve

Notícia

Requalificação fluvial pós-incêndio

Requalificação fluvial pós-incêndio

Decorreu no dia 10 de maio, na sala Dr. António Almeida Santos, onde se realizam habitualmente as sessões da Assembleia Municipal da Guarda, a assinatura do Protocolo entre a Câmara Municipal da Guarda e a Agência Portuguesa do Ambiente com o intuito de permitir a requalificação dos percursos fluviais afectados pelos incêndios no verão de 2017.

O protocolo estabelece um apoio de quase um milhão de euros para a Câmara Municipal proceder a obras de melhoria do escoamento das linhas de água; minimizar a erosão do solo e o efeito das cheias e inundações bem como reforçar a vegetação ribeirinha e a ecologia aquática e terrestre.

A assistência foi brindada com uma exposição dos técnicos envolvidos no processo de elaboração dos projectos, que apresentaram igualmente exemplos do que vai ser concretizado até ao final do ano em curso.

Recorda-se aqui que no nosso distrito e no nosso concelho se cruzam três bacias hidrográficas: Douro, Tejo e Mondego.
No âmbito deste Protocolo, os cursos de água sujeitos a intervenção são o rio Noémi e a ribeira das Cabras.

A orientar a sessão de apresentação estiveram os presidentes da Câmara Municipal da Guarda, Álvaro Amaro, e da Agência Portuguesa do Ambiente, Pimenta Machado.


 

10-05-2018

Comentários