Skip to main content
  • Dom Sancho I
  • Praça Velha
  • Parque Polis
  • Cidade Neve

Notícia

"Ephemera"

"Ephemera"

No dia 15 de novembro, às 18h, na sala Tempo e Poesia da Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço, José Pacheco Pereira apresentou o seu projeto "Ephemera".

EPHEMERA - Biblioteca e Arquivo de José Pacheco Pereira -, tem sede na vila de Marmeleira, concelho de Rio Maior, distrito de Santarém.
Contudo, tem pontos de recolha a nível nacional: Lisboa, Barreiro, Porto, Coimbra, Figueira da Foz, Lamego, Viana do Castelo, Torres Vedras e, a partir de agora, na Guarda onde, a Associação de Jogos Tradicionais da Guarda (AJTG) vai funcionar como ponto de recolha de documentação, no distrito.

E, são diversos os objetos e materiais que interessam ao projeto, cujo objetivo é divulgar os espólios, acervos, livros, periódicos, manuscritos, panfletos, fotografias, cartazes, emblemas, ‘pins’, autocolantes, objetos históricos e culturais, manuscritos, maquetas, desenhos, faixas, uniformes e publicidade...
"O Arquivo / Biblioteca Ephemera é um arquivo (ainda) privado, mas funciona como um arquivo público. Recolhe, trata, inventaria, divulga materiais sobre a história cultural, social, económica e política de Portugal e internacional (...)"
No âmbito do projeto foi constituída uma associação cultural sem fins lucrativos, denominada Associação Cultural EPHEMERA, com o objetivo de criar uma base institucional ao trabalho desenvolvido por cerca de 150 voluntários em todo o país!
O EPHEMERA possui cerca de 23 mil pastas ‘online’, com centenas de milhares de documentos.

Durante a sessão, e perante o público que encheu a sala, o historiador apelou para que os habitantes da Guarda “não deitem nada fora”.
A Freguesia da Guarda esteve presente e faz aqui eco do pedido do mentor do projecto, que "trabalha o passado no presente com os olhos no futuro".


 

Galeria de fotos

16-11-2018

Comentários