Skip to main content
  • Dom Sancho I
  • Praça Velha
  • Parque Polis
  • Cidade Neve

Notícia

Jornadas sobre Envelhecimento Ativo

Jornadas sobre Envelhecimento Ativo

Dias 27 e 28 de junho foram dois dias de enriquecimento no IPG, para idosos e seus cuidadores, debatendo-se vários temas com a presença de especialistas em Gerontologia.

 A sessão de abertura contou com os Presidentes da Câmara da Guarda, Carlos Chaves Monteiro, do IPG, Joaquim Brigas, e da ULS, Isabel Coelho, que assinaram um Protocolo para a expansão do Projeto +65 a todo o concelho da Guarda.

Carolina Vila-Chã, organizadora destas Jornadas, deu as boas vindas e apelou à atividade física como uma  necessidade para um envelhecimento saudável com qualidade.
Alexandra Fonseca, da Câmara Municipal da Guarda, apresentou o Programa GUARDA+65.
João Granado da Unidade de Cuidados na Comunidade de Gouveia falou do projeto "Bate Coração - Mexe-te Gouveia". E, do município de Viseu, Abel Figueiredo falou da "Atividade Sénior: Um compromisso com a Vida".

O índice de envelhecimento elevado, a qualidade de vida dos idosos, a necessidade de mais atividade física, a mobilidade na cidade e o combate ao isolamento dos idosos, foram assim alguns dos temas debatidos.

"Por uma vida saudável e envelhecimento ativo" esteve a cargo de João Malva da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra.
"Investigação Tecnológica aplicada à promoção da qualidade de vida" apresentado por Nuno Felício da Fraunhofer Portugal AICOS.
O espanhol José Blas Pagador, da Universidade de Cáceres falou das Iniciativas Inovadoras para a Promoção do Envelhecimento Ativo na Região EUROACE (Universidade da Estremadura de Espanha, dos Institutos Politécnicos da Guarda e Castelo Branco e da Universidade da Coimbra); tornar autónomos os idosos criando para tal, novas tecnologias.

Após um breve intervalo, mais dois projetos foram apresentados com alguns dos participantes que se deslocaram para prestarem o seu testemunho. Da Associação AZIMUTE esteve Vítor Rosário com o PROJETO ALDEIAS PEDAGÓGICAS - Concelhos de Bragança e Vimioso. E do Concelho da Guarda Vanda Rodrigues do IPG apresentou um grupo de crianças e idosos integrados no projeto SABORES E TRADIÇÕES DO VALE DA TEIXEIRA - AZEITE: um contacto intergeracional numa ação para um envelhecimento feliz e ativo e de aprendizagem de costumes e tarefas agrícolas para os mais novos.

No dia seguinte Maria João Quintela da Sociedade Portuguesa de Psicogerontologia falou dos pilares do envelhecimento ativo - SAÚDE, PARTICIPAÇÃO E SEGURANÇA - e voltou a falar da importância das relações INTERGERACIONAIS, um conceito amigo de todas as idades.
Os perfis e processos de envelhecimento no interior de Portugal foram apresentados por Maria João Guardado Moreira gerontóloga social do Instituto Politécnico de Castelo Branco.
A terminar esta Jornada de dois dias desenrolou-se uma Mesa Redonda com o tema SER IDOSO NO INTERIOR - PROBLEMA DE SOLIDÃO E ISOLAMENTO onde foi enaltecido o papel importante das IPSS. Nela participaram, além dos palestrantes do dia, a representante da Academia Sénior da Guarda, Fernanda Pena, o vereador da Câmara Municipal da Guarda, Vítor Amaral e como moderador o jornalista Sá Rodrigues.

 

Galeria de fotos

27-06-2019

Comentários