Skip to main content
  • Dom Sancho I
  • Praça Velha
  • Parque Polis
  • Cidade Neve

Notícia

"Conhecer (Nos) - Saúde e Música"

"Conhecer (Nos) - Saúde e Música"

O Movimento Vencer e Viver (MVV) do Núcleo Regional do Centro da Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC) organizou dois eventos no dia 28 de setembro, no TMG, sob a designação "Conhecer (Nos) - Saúde e Música" .

Pelas 17h, no Café Concerto, teve lugar uma Tertúlia, iniciada por um momento musical, protagonizado por alunos do Conservatório de Música da Guarda; e, apesar da sua juventude, mais uma vez encantaram todos com as interpretações realizadas: ouvimos piano, tocado por um adolescente; seguiu-se o belo canto de uma criança; e, o último instrumento musical foi a guitarra, dedilhada por um jovem.

Constituiu-se então a Mesa, moderada pelo Médico Internista, Coordenador do Serviço de Oncologia da ULS da Guarda, Ildefonso Fidalgo.
Após tomar a palavra, o moderador pediu à Médica Ginecologista, Secretária Geral da Direção do Núcleo Regional do Centro da LPCC, Natália Amaral, que desse a conhecer o papel da Liga na luta contra o cancro.
Foi salientado o rastreio, nomeadamente do cancro da mama, sendo a zona Centro um exemplo para o país, bem como o distrito da Guarda, onde todos os Concelhos são visitados pela carrinha!
Teresa Teixeira, Enfermeira do Hospital de Dia/Serviço de Oncologia da ULS da Guarda referiu então a sua experiência, como profissional também afectada pela doença.
Isabel Reis, responsável do Grupo de Voluntariado Comunitário (GVC) da Guarda da LPCC contou diferentes ações levadas a cabo: informação, sensibilização, recolha de donativos, entre outras; em diversos contextos como escolas, praias fluviais e outros espaços de lazer; para diferentes públicos, das crianças aos idosos; dos lares ao vizinho da rua...
Sara Terras, Psicóloga da Delegação da Guarda da LPCC, referiu a importância de na nossa cidade ter passado a existir consulta de psico-oncologia, para a qual podem ser encaminhados doentes e seus familiares.
Por último, Olga Braz Pereira, responsável da extensão da Guarda do MVV da LPCC, explicou a ajuda entre-pares que o grupo realiza, pois todos os seus elementos passaram pela experiência do cancro da mama.

No final das intervenções os presentes foram convidados a partilhar: um donativo em troca de uma flor, realizada pelas senhoras do atelier de manualidades da Freguesia da Guarda.

A atividade prolongou-se depois pela noite dentro, na Grande sala do TMG, onde se juntaram mais de quinhentas pessoas.

A cada uma delas foi distribuída uma brochura explicativa de toda a atividade, concebida graficamente pela designer Ana Sofia, contendo uma informação bastante útil como guia do espetáculo e igualmente como meio de divulgação e explicação do motivo e pretexto para a noite musical, que se prolongou por três horas de revivalismo musical dos anos 60 e 70.

Em palco e em clara mensagem de solidariedade e apoio à causa da LPCC, estiveram os “jovens” que nos anos 60/70 eram os “miúdos” da cidade que se juntaram e formavam os grupos musicais que animavam os bailes, davam concertos e divulgavam a cidade por Portugal.
A LPCC conseguiu reunir vários amigos que não se reencontravam, em alguns casos, há mais de 50 anos… E, no sábado tocaram juntos novamente e ainda bem sabiam as notas e as letras das músicas que, ao tempo, eram hits da juventude e não só, porquanto alguns temas são ainda hoje escutados com alguma frequência.
Ao tempo eram 6 bandas, os “Anacrónicos”, “Misseis”, "Monóculo Show Band” “Kionas”, “Neptunos” Pop Group” e “CC5”.
Refira-se ainda e muito importante a relevância do grupo “Sessenta Cinco Estrelas” que hoje reúne alguns dos músicos desse tempo e foi o principal impulsionador deste importante espetáculo.
Uma palavra de agradecimento aos Srs. José Augusto, José Júlio, Jorge Pina, Luís Campos, Luís Albuquerque e outros que fomentaram esta reunião e proporcionaram à Liga uma boa receita.

Durante o espetáculo foram ainda leiloadas algumas peças de arte, nomeadamente algumas pinturas e ainda um livro produzido pela LPCC. O leilão foi conduzido pelo Prof. Agostinho Silva que já nos habituou à sua classe de bom concelheiro e amigo para uns melhores sorrisos…

A iniciativa de angariação de fundos vai ter agora continuidade com o peditório nacional e ainda com a simbólica e muito forte atividade designada “Pequenos Passos, Grandes Gestos” que vai decorrer no próximo dia 5 de outubro, na cidade da Guarda, corporizada por uma caminhada, um espetáculo musical e claro com as intervenções finais das principais obreiras desta ação do Movimento Vencer e Viver!




 

Galeria de fotos

30-09-2019

Comentários