Skip to main content
  • Dom Sancho I
  • Praça Velha
  • Parque Polis
  • Cidade Neve

Notícia

Assembleia de Freguesia da Guarda

Assembleia de Freguesia da Guarda

Decorreu na terça-feira dia 29.12.2020 entre as 20h00 e as 23h00 a sessão ordinária da Assembleia de Freguesia da Guarda.
Estiveram presentes 18 eleitos registando-se a ausência de um dos deputados. A sessão foi liderada pelo Presidente da Mesa da Assembleia de Freguesia, Peres de Almeida com as secretarias Catarina Santos e Maria Bernardo.

Deu-se Início à sessão com a leitura da Ata correspondente à finalização do processo da 2ª edição do Orçamento Participativo.
Estiveram presentes os dirigentes das três Associações que chegaram à final desta edição: o Clube de Montanhismo da Guarda, o Núcleo Regional da Guarda da Quercus e o Clube Guarda Basket, que apresentou o projeto que recolheu o maior número de votos. Pode consultar mais informações sobre o Orçamento Participativo.

A sessão continuou com a leitura e aprovação da Ata correspondente à sessão ordinária do mês de setembro.
Entretanto os deputados usaram da palavra abordando temas do quotidiano da Freguesia e deixamos aqui em traços genéricos o que cada um dos intervenientes abordou:
A deputada Manuela Barros manifestou a sua preocupação com as condições de limpeza e manutenção dos contentores de resíduos domésticos bem como a limpeza dos arruamentos da cidade.
Já o deputado Carlos Martins direcionou o uso da palavra para a questão da ausência do devido cuidado com a recolha dos resíduos seletivos, depois das condições de alguns passeios sinalizando os locais com a projeção de imagens.
Pedro Narciso referiu a lentidão e/ou mesmo paragem de algumas obras dando como exemplo o que se passa na Av. Alexandre Herculano junto à escola secundária Afonso de Albuquerque; e, pretendia saber quais são os 20 arruamentos que vão beneficiar de repavimentações. Quis também saber como estão ou melhor quando se iniciam as obras na área da Gare Ferroviária.
Adelino Brás questionou para quando têm continuidade as obras junto à Capela da Póvoa do Mileu e saudou o bom andamento da obra de um jardim público na urbanização Alves Bandeira.
A deputada Rute Prata mencionou a importância da Junta de Freguesia poder colaborar fortemente na campanha de vacinação em curso.
O deputado João Paulo Barros questionou a Junta de Freguesia sobre a “operação” dos cabazes de Natal.
Maria Isabel Monteiro relembrou na sua intervenção a celebração do aniversário da Guarda no passado 27 de novembro e ressalvou a inauguração da obra de beneficiação da Torre dos Ferreiros com a requalificação da escadaria e ainda o elevador que dá acesso ao cimo da torre onde temos uma visão surpreendente da nossa cidade e também da própria região.
O deputado Frederico Quinaz apresentou a sua satisfação a propósito da redução do custo das portagens para 50% do seu valor. Lamentou o comportamento dos deputados do PS eleitos pelo nosso distrito que votaram contra a proposta apresentada pelo GP/PSD e pelo deputado Carlos Peixoto.
Anabela Cunha valorizou a atribuição do prémio “Comunidades Pró-Envelhecimento” à Junta de Freguesia por parte da Ordem dos Psicólogos em consequência das iniciativas que a Freguesia vai concretizando com o público sénior.
Já o deputado Rui Baía referiu a sua satisfação pelo início desta assembleia de freguesia com a entrega dos prémios do Orçamento Participativo e incentivou a Junta de Freguesia a que continue com esta iniciativa.

O Presidente da Junta de Freguesia respondeu depois a cada um dos deputados e de seguida foi analisada a proposta de orçamento e plano de atividades para 2021 tendo intervindo os deputados Fábio Pinto, Pedro Narciso e Rui Baía.
O Primeiro deputado desenvolveu uma intervenção assente na importância do documento mas ressalvou as falhas que encontrou face às necessidades da população e criticou a pouca participação da CMG na vertente financeira.
Disse ainda que apesar de ser o maior orçamento da freguesia, não responde às necessidades no apoio aos cidadãos.
O deputado Pedro Narciso referiu que apesar de ser o maior orçamento, não deixa de ser um micro-orçamento, reiterou que a aposta na educação é importante mas não devia ser a junta aí a investir como investe.
Questionou ainda o que pretende a Junta de Freguesia fazer na casa que se localiza na Póvoa do Mileu pois no orçamento encontra-se uma verba para tal.
Por fim o deputado Rui Baía valorizou a continuidade na aposta na requalificação dos fornos, a inclusão de novas atividade com intuito de fomentar a participação dos cidadãos, o apoio social contínua bem demonstrado apesar do valor total do orçamento e apelou à Junta de Freguesia aquando da primeira modificação orçamental pudesse continuar a privilegiar-se esta rubrica.
O Presidente da Assembleia de Freguesia colocou à votação registando-se a aprovação do documento com 11 votos a favor (PSD), 6 contra (PS) e 1 abstenção (CDS/PP).
O quadro de pessoal apresentado mereceu a unanimidade dos presentes e o documento correspondente à Norma de controle Interno registou 12 votos a favor e 6 votos contra, ficando assim aprovado.

A sessão, e em respeito pela hora de recolher obrigatório, terminou pelas 22h40 e ainda houveram alguns minutos para brindar ao novo ano de 2021.


 

Galeria de fotos

30-12-2021

Comentários