Skip to main content
  • Dom Sancho I
  • Praça Velha
  • Parque Polis
  • Cidade Neve

Pontos de interesse

Janela Manuelina

Rua Francisco dos Passos, 6300-558 Guarda


No centro histórico da Guarda e em pleno recinto muralhado da cidade, junto ao adro da igreja de S. Vicente, ergue-se um austero edifício de três pisos, em cuja fachada, revestida a cantaria de granito mas provavelmente caiada na origem, se destaca um interessante janelão quinhentista. Segundo algumas tradições, este edifício teria sido o Paço Episcopal medieval, palco do assassinato do Bispo D. Álvaro de Chaves por um seu criado, que o terá lançado à rua de uma janela. Ainda que esta associação não esteja comprovada, a janela quinhentista mantém-se no imaginário local como referência irresistível ao célebre episódio.

A janela quinhentista, único elemento classificado do imóvel, rasga-se ao centro do segundo registo da fachada, voltada para a antiga Rua Direita do burgo medieval, sendo os restantes vãos todos de verga recta e sem decoração. Trata-se de uma elegante moldura em meia-cana, correndo desde o peitoril até ao lintel, onde forma um arco contracurvado e trilobado, rematado com cogulhos. Nas ombreiras, a moldura é delimitada por pequenos e delicados capitéis geometrizantes, e assenta em bases semelhantes, já sobre o peitoril. Entre a moldura e a caixilharia da janela, o intradorso é decorado com motivos renascentistas de candelabros, putti, mascarões, aves e temas vegetalistas. O peitoril possui um medalhão central com efígie, sustentado por grifos alados.